SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Custo da cesta básica aumenta em Itabuna e Ilhéus




Em Itabuna, a cesta básica passou a custar R$ 554,10 no mês de abril, um aumento de 2,69% comparativamente ao mês de março de 2022. Dos 12 itens que compõem a cesta básica, sete aumentaram de preço: tomate (18,83%), óleo (8,16%), farinha (7,11%), arroz (1,90%), manteiga (1,70%), pão (1,34%) e feijão (0,82%). Em contrapartida, reduziram de preço os itens: banana (-5,36%), açúcar (-2,05%), leite (-1,39%), café (-0,95%) e carne (-0,64%) Em abril, o tempo de trabalho despendido para se obter os 12 itens da cesta básica em Itabuna foi de 108 horas e 44 minutos, um comprometimento de quase 50% do salário mínimo líquido de R$ 1.121,10– descontando-se 7,5% de contribuição previdenciária do salário bruto de R$ 1.212,00. Em Ilhéus, a cesta passou a custar R$ 558,80 no mês de abril, um aumento de 4,59% comparativamente ao mês anterior. 

Dos 12 itens que compõem a cesta básica, nove produtos aumentaram de preço: tomate (22,58%), óleo (15,08%), feijão (7,08%), café (5,98%), pão (5,30%), arroz (4,50%), açúcar (3,76%), leite (1,22%) e carne (0,47%). Em contrapartida, diminuíram de preço os itens: banana (-7,72%), manteiga (-2,55%) e farinha (-0,17%). Em abril, o tempo de trabalho despendido para se obter os 12 itens da cesta básica em Ilhéus foi de 109 horas e 39 minutos, um comprometimento de quase 50% do salário mínimo líquido de R$ 1.121,10 – descontando-se 7,5% de contribuição previdenciária do salário bruto de R$ 1.212,00. (Accb/Uesc)
Postagem Anterior Próxima Postagem