SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Roma acusa ACM de usar ‘máquina da prefeitura’ em campanha e ofuscar Bruno Reis




Pré-candidato ao Palácio de Ondina pelo PL, o ex-ministro da Cidadania João Roma voltou a criticar ACM Neto (UB) por falta de clareza política e acusou o ex-aliado de usar a estrutura da prefeitura de Salvador para alavancar sua campanha pelo governo da Bahia.

“O ex-prefeito de Salvador saiu da prefeitura, mas a prefeitura não saiu dele. Ele continua utilizando [a estrutura da prefeitura], tanto que ofusca o atual administrador, Bruno Reis, das suas funções, utilizando da máquina da prefeitura para os interesses pessoais de ACM Neto”, afirmou Roma.

Candidato ao governo com apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL), ele também acusou o governador Rui Costa (PT) da mesma prática atribuída a Neto e se colocou como o nome adequado para quebrar a estrutura que considera ultrapassada.

“Nossa caminhada não é contra ninguém, é a favor do povo da Bahia. A Bahia vive por décadas um descompasso entre a Bahia do século 21 e as práticas políticas do século 19. O que nós observamos nos últimos meses em especial, é uma dança de cadeiras, uma troca de cartas. Cada político poderoso preocupado com seu espaço de poder, olhando pro seu umbigo e nenhum deles preocupado com o futuro do povo baiano, com a melhoria da qualidade de vida do nosso estado”, disse João Roma, afirmando ainda que Neto e petistas fazem “conchavos políticos” e citando uma suposta conversa entre o ex-prefeito e José Dirceu (PT).
https://bahia.ba/

Postagem Anterior Próxima Postagem