SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Márcio França admite apoiar Haddad e desistir de disputar governo de SP




O imbróglio entre aliados na disputa ao governo de São Paulo pode estar perto de chegar ao fim. Isto porque o pré-candidato Márcio França (PSB) admitiu que pode desistir da candidatura e apoiar Fernando Haddad (PT). A sinalização, segundo apuração da Folha de S. Paulo, ocorreu nesta segunda-feira (27), em uma reunião da cúpula de seu partido.

Ainda de acordo com o jornal, França agora aguarda uma definição de apoio do PSD até a quinta-feira (30). O presidente da sigla, Gilberto Kassab, ainda avalia qual candidatura apoiar, se o próprio França ou o ex-ministro de Bolsonaro Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Segundo a Folha, o ex-governador de SP também admitiu na reunião que o PSD tende mais a se juntar ao candidato do presidente. Este seria um dos motivos da desistência de disputar o governo de SP, pois França avalia que haveria dificuldade de avançar sem a adesão de Kassab. A única esperança seria que o PSD recuasse do apoio a Tarcísio diante de uma eventual reação negativa da base bolsonarista.

Apesar de ainda incerta, a desistência de Márcio França já era esperada pelos petistas. Caso concretizada, o ex-governador deve concorrer ao Senado na chapa de Haddad (PT), com apoio do ex-presidente Lula (PT) e Geraldo Alckmin (PSB).
Postagem Anterior Próxima Postagem