SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Anvisa analisa pedido do Ministério da Saúde para liberar vacina contra Monkeypox




O Ministério da Saúde protocolou, nesta terça-feira (23), um pedido de análise da primeira vacina contra a monkeypox na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Atualmente, o imunizante é produzido apenas pela farmacêutica dinamarquesa Bavarian Nordic.



Segundo informações do Metrópoles, parceiro do Bahia Notícias, a pasta está nas fases finais das tratativas para aquisição de 50 mil unidades, por intermédio do fundo rotatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). A alternativa é utilizada uma vez que a empresa não tem representante no país.



"Nessa análise, a agência confirmará se as características essenciais da vacina são as mesmas aprovadas pelas autoridades reguladoras estrangeiras equivalentes à Anvisa (Aree), tais como: fabricante, concentração, forma farmacêutica, indicações, contraindicações, posologia, população-alvo, via de administração e modo de uso, entre outras informações", explica a autarquia, em nota.



Ainda conforme publicado, a Anvisa aprovou, na última sexta-feira (19), em reunião extraordinária da diretoria colegiada, a importação excepcional de vacinas e medicamentos para tratar a varíola dos macacos.
Postagem Anterior Próxima Postagem