SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Braga Netto ganhou 60% do patrimônio declarado ao TSE em dois meses de 2020




Candidato a vice na chapa do presidente Jair Bolsonaro (PL), o general Walter Braga Netto (PL) acumulou em dois meses de 2020, durante a pandemia, o equivalente a 60% de R$ 1,6 milhão, valor total de seu patrimônio declarado à Justiça Eleitoral.

A apuração é da coluna de Guilherme Amado, no portal Metrópoles, a partir de informações do repórter Daniel Weterman, que revelou que nos meses de março e junho de 2020 Braga Neto recebeu salários de R$ 926 mil, enquanto era ministro da Casa Civil.

Segundo a publicação, mesmo com salário bruto de R$ 31 mil como general da reserva do Exército, ele recebeu proventos muito superiores em 2020, sem abatimento do teto constitucional, que limita salários a R$ 39,3 mil no serviço público. Conforme apurou a coluna, apenas no equivalente a férias, o vice de Bolsonaro recebeu R$ 120 mil em março daquele ano.

Em 2021, o presidente acabou liberando a remuneração acima do teto, em um aceno aos militares da reserva. Em junho daquele ano, já como ministro da Defesa, o salário de Braga Netto chegou a R$ 101 mil.
Postagem Anterior Próxima Postagem