SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Candidaturas jovens: participação cai pela primeira vez desde 1994




São 1.286 postulantes a um cargo eletivo nas eleições deste ano, o que representa 4,49% do total

A participação de candidatos jovens com até 29 anos caiu em pela primeira vez desde a redemocratização, em 1994. De acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), são 1.286 postulantes a um cargo eletivo nas eleições deste ano, o que representa 4,49% do total.




Desde 1994, a participação de candidatos jovens vinha crescendo. No ano 252 dos 6.647, ou seja 3,79% do total. Na eleição seguinte, em 1998, representavam 4,50% dos 15.092 postulantes e, em 2002, 4,65% dos 18.109.

O percentual de 2022, portanto, é a terceira menor da história. Em 2014, foram 1.671 candidatos até 29 anos, ou 6,37% do total.

A queda também é em números absolutos, considerando as últimas duas eleições gerais. Em 2018 eram 1.612 e em 2014, 1.671.

Neste ano, a candidata mais nova é Pamela Mendes (PMN-PE), de 18 anos, que disputa uma vaga à Assembleia Legislativa de Pernambuco. Há ainda três de 20 anos: Gleyciane (Cidadania-AC), Chiara Biondini (PP-MG) e Nicolly Salustiano (Republicanos-RR), todas concorrendo como deputadas estaduais. (bahia.ba)
Postagem Anterior Próxima Postagem