SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Com 'dois times titulares', Flamengo volta a sonhar em vencer 'tudo'




Esbanjando evolução nas últimas semanas, o Flamengo voltou a sonhar grande na temporada. A nova vitória sobre o Corinthians e a classificação às semifinais da Copa Libertadores confirmam o bom momento do time, ajustado pelo técnico Dorival Junior, e reforçam a ambição do time e da torcida, ansiosa por novos troféus. Na briga também no Brasileirão e na Copa do Brasil, a equipe carioca pode terminar a temporada com os três pesados títulos.



"O torcedor está confiante e não podemos esmorecer. Temos jogos importantes na sequência de Copa (do Brasil) e Brasileiro. Não podemos abrir mão de maneira nenhuma, temos que nos manter vivos", avisa Dorival, sobre as ambições do time na temporada. Em outras palavras, o treinador garante que não vai priorizar nenhuma competição. Quer todos os troféus que puder erguer nestes meses finais de temporada brasileira.



Para tanto, o Fla conta com o trabalho renovador de Dorival, que levou o time a uma série de nove jogos sem derrota, por diferentes competições. Com o treinador, a equipe rubro-negra acumula 12 triunfos nos últimos 14 jogos. No total, são 13 vitórias, um empate, quatro derrotas, desde sua estreia.



Não por acaso, o vice-presidente de futebol do Fla, Marcos Braz elegeu o treinador como a maior contratação do clube nos últimos meses. Mesmo depois de reforçar o time com nomes como Arturo Vidal e Everton Cebolinha.



Com um futebol convincente e reforços de peso, o time rubro-negro tem chances reais de conquistar todos os títulos. Na Libertadores, já está nas semifinais. Está, portanto, a três jogos do troféu. Seu próximo adversário vai vir do confronto argentino entre Vélez Sarsfield e Talleres, dois potenciais oponentes que não assustam. Numa eventual final, pode vir a cruzar com Atlético-MG ou Palmeiras.



Na Copa do Brasil, o Fla empatou sem gols com o Athletico-PR no jogo de ida, no Maracanã. Para a volta, na quarta-feira que vem, é o favorito a vencer o confronto das quartas de final. Se avançar, terá como possíveis adversários até o título rivais do peso de Corinthians, São Paulo e Fluminense. Deste trio, só não venceu recentemente o time carioca.



No Brasileirão, a ascensão é visível. São cinco vitórias consecutivas, que já colocam a equipe na beira do G-4. Dependendo da combinação de resultados, a equipe de Dorival pode até alcançar a vice-liderança da tabela na rodada do fim de semana, quando revê o Athletico-PR.



"A equipe tem que continuar acreditando, continuar com o trabalho com seriedade e com os pés no chão. Sabendo que passamos de uma fase importante da competição. Mas ainda não alcançamos nada, apenas uma semifinal, que com certeza será duríssima, como foram essas duas fases anteriores. É um mata-mata muito perigoso", alerta o treinador.



Para manter o forte ritmo em três competições ao mesmo tempo, Dorival admite ter "duas equipes titulares", graças aos reforços que chegaram ao clube nas últimas semanas. "É importante manter o elenco pronto e confiante como tem sido. São duas equipes titulares que têm honrado, vestindo e mantendo regularidade."



Mas ele acredita que há espaço para mais evolução. "Temos que nos capacitar ainda mais, trabalhar ainda mais, aumentar a intensidade, até porque teremos jogos importantes e fundamentais na sequência."
Postagem Anterior Próxima Postagem