SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Mário Alexandre recebe presidente e membros da Codeba para discutir demandas do Porto de Ilhéus

 


Porta de entrada estratégica para promover o desenvolvimento das regiões sul e sudoeste da Bahia, o Porto de Ilhéus foi pauta da reunião realizada na noite da última terça-feira (9) entre o prefeito Mário Alexandre e o diretor-presidente da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), o vice-almirante Carlos Autran. Na ocasião, a diretoria executiva apresentou o novo gerente do terminal portuário da cidade, Francisco Pires.

O encontro girou em torno de demandas que incluem a melhoria da infraestrutura, com possibilidade de criação de um terminal de embarque de passageiros e revitalização do antigo porto, onde se pretende construir um centro gastronômico e cultural. A proposta visa recuperar a área em questão e movimentar a Baía do Pontal, através do turismo náutico.

“Esse diálogo permanente com a Codeba é fundamental para que possamos planejar as ações e continuar promovendo o desenvolvimento de Ilhéus e de toda a região. Apresentamos diversas solicitações e estamos buscando os meios necessários para solucionar as dificuldades existentes”, destacou Mário Alexandre.





Temporada 2022/2023 – A temporada de cruzeiros marítimos também foi um dos assuntos abordados. As reuniões para alinhar as operações no município devem ser realizadas nos próximos meses. Conforme a Codeba, com a ampliação do calado do Porto de Ilhéus houve aumento da movimentação de produtos.

Em 2021, 32 navios de cargas transportaram um total de 465.590 toneladas, quebrando o recorde de movimentação entre os anos de 2016 e 2021. Com relação à situação dos bairros São Domingos e São Miguel, a Codeba ressaltou que o estudo encontra-se em estágio avançado.

A empresa frisou que a partir do diagnóstico será possível traçar estratégias para realizar investimentos em infraestrutura. O encontro contou com as presenças do secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Ederjúnior; do assessor técnico especial, Vinícius Briglia; e do diretor de Desenvolvimento Econômico, Paulo Moreira.

Postagem Anterior Próxima Postagem