SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Simone Tebet defende demarcação de terras indígenas e promete desmatamento zero




Fazendeira e ruralista, a candidata do MDB à Presidência, Simone Tebet disse nesta quinta-feira, 25, ser a favor da demarcação de terras indígenas e defendeu que isso ocorra com estudo antropológico. "Sou contra a invasão dessas áreas antes, seja por uma lado, seja por outro", disse ela esta manhã em sabatina realizada pelos jornais Valor Econômico e O Globo, e pela rádio CBN.



Tebet ainda prometeu que, em um eventual governo, vai promover "desmatamento ilegal zero na Amazônia". Sob a gestão de Jair Bolsonaro, o país registrou os maiores índices de desmatamento dos últimos 15 anos.



A emedebista disse, ainda, que sua candidatura tem o objetivo de "acabar com a polarização". Colocada com a candidata da chamada terceira via, ela tem apoio do PSDB, Podemos e Cidadania. "A polarização ideológica que está levando o Brasil para o abismo através de um radicalismo, de um populismo, de um extremismo, e de um personalismo, que é muito mais grave", disse, referindo-se ao presidente Jair Bolsonaro (PL) e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).



Para Simone Tebet, é preciso debater propostas e o País e, segundo ela, os dois primeiros colocados não estão fazendo isso. "Na realidade é um projeto muito mais de poder, do que de Pais", acusou.



A senadora está em quarto lugar nas principais pesquisas de intenção de voto, atrás também de Ciro Gomes (PDT). Sobre isso, ela reconheceu ser desconhecida do eleitorado, mas disse que "pesquisa é uma fotografia e nenhum voto foi depositado na urna". "Nós temos uma campanha eleitoral de 35 dias para nos apresentar ao Brasil".
Postagem Anterior Próxima Postagem