SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Atlético-MG não empolga, perde para Avaí e segue fora do G6




BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - O Atlético-MG teve mais uma tarde frustrante na tentativa de se aproximar do G6 do Brasileirão. A equipe alvinegra foi derrotada pelo Avaí, em jogo que começou na tarde deste sábado (17), por 1 a 0, na Ressacada, em jogo válido pela 27ª rodada da competição. O único gol da partida foi marcado por Guilherme Bissoli.




A vitória dos catarinenses encerrou um jejum de nove jogos sem vencer no Brasileirão justamente na estreia do técnico Lisca. Com o resultado, o Atlético ocupa a 7ª colocação, com 40 pontos e está a três do G6, já que o time vem de empate contra o Bragantino na rodada passada, em resultado que também já havia sido frustrante para a equipe.


Vale lembrar que Athletico joga na rodada contra o Cuiabá e pode aumentar a distância para o time mineiro para seis pontos caso vença. Já o Avaí foi a 28 pontos e respirou no Z4, saindo provisoriamente da penúltima colocação.


O próximo compromisso do Avaí é no domingo (25), contra o São Paulo, no Morumbi, às 20h (de Brasília). Já o Atlético terá um tempo maior até seu próximo jogo. A equipe alvinegra só volta a campo na quarta-feira (28), diante do Palmeiras, no Mineirão, às 21h15.


O primeiro tempo da partida mostrou equilíbrio entre as duas equipes, que não criaram muitas chances efetivas de gols. O Galo tentou buscar as jogadas mais pelo lado esquerdo com Keno e Rubens e assustou em alguns momentos. Em resumo, foi uma etapa brigada como se esperava de duas equipes com objetivos distintos na tabela.


Já na reta final, as duas equipes foram mais agressivas. O Galo quase abriu o placar aos 41 com Nacho. Após cobrança de escanteio, o argentino finalizou para o gol vazio, mas Rafael Vaz tirou de cabeça em cima da linha. Aos 47, o Avaí respondeu e teve sua melhor chance na primeira etapa. Pottker avançou pelo lado direito, deixou Rubens para trás e mandou para o gol. Everson fez a defesa e garantiu o placar em branco para o intervalo.




No início da segunda etapa, o VAR entrou em ação na Ressacada. Nathan Silva tocou com o braço na bola após cobrança de falta da equipe catarinense. O árbitro foi até a cabine eavaliar o lance e confirmou a penalidade para os donos da casa, geando muita reclamação pelo lado alvinegro.


Bissoli, aos 8, fez a cobrança do pênalti no meio do gol. Everson chegou a tocar na bola, mas não o suficiente para evitar que ela fosse para o gol, colocando o Avaí na frente no jogo.


Após o gol, o Avaí ainda teve nova boa chance aos 21. Raniele cabeceou no meio da área depois da cobrança de escanteio e exigiu uma boa defesa de Everson. O Atlético tentou responder com Kardec, de cabeça, aos 24, mas a bola foi por cima do gol.


Com as mudanças do técnico Cuca, o Atlético passou a pressionar o Avaí a partir dos 30 minutos. Apesar do volume maior na área dos catarinenses, o Galo não criou chances claríssimas e não conseguiu sair nem sequer com o empate da Ressacada.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 1 X 0 ATLÉTICO-MG
Competição: 27ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 17 de setembro de 2022 (sábado)
Local e horário: 16h30 (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões: Bruno Silva, Cortez (Avaí); Rubens, Jemerson, Nathan Silva (Atlético-MG)
Gols: Guilherme Bissoli, do Avaí, aos 8 minutos do segundo tempo

AVAÍ
Gledson; Kevin, Bressan, Rafael Vaz, Cortez; Raniele (Jean Cléber), Bruno Silva (Pablo Dyego), Natanael (Eduardo) e Jean Pyerre (Matheus Sarará); Pottker e Bissoli (Paolo Guerrero). Técnico: LiscaATLÉTICO-MG
Everson; Guga, Nathan Silva, Jemerson (Junior Alonso) e Rubens; Allan, Jair (Calebe), Nacho (Ademir); Eduardo Vargas (Alan Kardec), Keno e Sasha. Técnico: Cuca
Postagem Anterior Próxima Postagem