SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Flamengo só empata com o Ceará e perde chance de se aproximar do líder Palmeiras




Com um jogador a mais desde a metade do segundo tempo e Gabriel expulso em manhã histórica, o Flamengo só empatou neste domingo, com o Ceará em 1 a 1, no Maracanã, e perdeu a chance de diminuir a distância para o Palmeiras no Campeonato Brasileiro.



Com o resultado, a vantagem de sete pontos do time paulista permanece. O rubro-negro chega aos 44 pontos e ocupa o segundo lugar na classificação. Já o Ceará segue sem vencer no returno e tem 28 pontos.



Os gols do jogo foram marcados por Jô, que foi expulso no início do segundo tempo, e Gabriel, que também recebeu vermelho no final da partida. O duelo marcou a estreia do argentino Lucho González como técnico do Ceará. Além disso, a manhã de domingo também colocou camisa 9 do Flamengo na história do Campeonato Brasileiro. Ele se tornou o jogador mais jovem a atingir a marca de 100 gols na competição.





O Flamengo encontrou mais dificuldades do que imaginava no primeiro tempo e criou muito pouco para tirar o zero do placar. Aos 24 minutos, Gabriel recebeu na direita e cruzou para Diego desviar pela linha de fundo. Depois, aos 30, o próprio Gabriel finalizou cruzado nas mãos de João Ricardo.



Já o Ceará manteve postura defensiva durante toda etapa inicial. A ideia do time visitante foi de aproveitar os contra-ataques para surpreender e isso aconteceu aos 44 minutos, quando Mendoza deu ótimo passe para Jô fazer 1 a 0.



O desempenho bem abaixo do Flamengo obrigou Dorival Júnior a fazer quatro mudanças de uma vez só para o segundo tempo, principalmente com as entradas de Everton Ribeiro e Pedro. E deu certo. Aos sete minutos, Everton Cebolinha cobrou escanteio, Richard Coelho desviou e Gabriel testou para o gol.



O empate desestabilizou o Ceará, que ficou em situação ainda mais delicada aos 18 minutos, quando Jô, enfurecido, reclamou do toque de mão de Vidal num contra-ataque e acabou recebendo o cartão vermelho direto. A expulsão revoltou o atacante, que demorou para deixar o gramado.



Com um jogador a mais, o Flamengo armou "blitz" pelo gol da virada. A pressão seguiu até o apito final. Aos 43 minutos, Everton Cebolinha passou pela marcação e acertou o travessão. Por fim, aos 52, David Luiz chutou para boa defesa de João Ricardo e no rebote Vidal finalizou por cima do travessão.



O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira para enfrentar o Vélez Sarsfield-ARG, às 21h30, no Maracanã, pelo confronto de volta da semifinal da Libertadores. Na ida, os cariocas venceram por 4 a 0 e encaminharam a classificação.



Pelo Brasileirão, o Flamengo jogará no domingo, dia 11, quando visitará o Goiás, às 19 horas, na Serrinha, em Goiânia. Já o Ceará, no sábado, receberá o Santos, às 16h30, na Arena Castelão, em Fortaleza.



FICHA TÉCNICA



FLAMENGO 1 X 1 CEARÁ



FLAMENGO - Santos; Varela (Matheuzinho), David Luiz, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Erick Pulgar (Matheus França), Diego (Everton Ribeiro) e Victor Hugo (Vidal); Marinho (Pedro), Gabriel e Everton. Técnico: Dorival Júnior.



CEARÁ - João Ricardo; Nino Paraíba, Messias (Lucas Ribeiro), Gabriel Lacerda e Bruno Pacheco; Richard Coelho, Richardson (Fernando Sobral), Lima (Vásquez), Vina (Zé Roberto) e Mendoza; Jô. Técnico: Lucho González.



GOLS - Jô, aos 44 minutos do primeiro tempo. Gabriel, aos 7 minutos do segundo tempo.



ÁRBITRO - Paulo Cesar Zanovelli da Silva (MG).



CARTÕES AMARELOS - Ayrton Lucas, Pedro e Gabriel (Flamengo); João Ricardo, Nino Paraíba, Gabriel Lacerda, Richard Coelho, Vásquez, Vina e Zé Roberto (Ceará).



CARTÕES VERMELHOS - Jô (Ceará); Gabriel (Flamengo).



PÚBLICO - 64.387 total (59.612 pagantes).



RENDA - R$ 3.442.960,25.



LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).
Postagem Anterior Próxima Postagem