SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Lula provoca Bolsonaro ao comentar piso da enfermagem: ‘Seu filho votou contra’




O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) provocou o atual chefe do Executivo ao comentar o novo piso salarial da enfermagem, cuja lei recém sancionada foi suspensa pelo ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), que concedeu liminar da Confederação Nacional de Saúde (CNSaúde).

“Sempre defendi que a enfermagem tivesse um piso salarial. O projeto aprovado é do Fabiano Contarato, com relatório do Alexandre Padilha, ambos do PT. Bolsonaro vira as costas para profissionais que lutaram na pandemia. Seu filho votou contra o piso, assim como seu líder de governo”, declarou o petista, nesta segunda-feira (5).

Citando a falta de definição de fonte orçamentária para implementar o novo piso, Lula acusou o presidente Jair Bolsonaro (PL) de negligenciar os profissionais, enquanto prioriza interesses políticos. “Bolsonaro ainda vetou o reajuste e agora nega-se a destinar recursos para ajudar hospitais, estados e municípios a pagarem melhor os profissionais que salvam vidas. Para arrumar bilhões para seus aliados ele é rápido, mas despreza quem salva vidas no Brasil”, ironizou o ex-presidente.
Postagem Anterior Próxima Postagem