SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Projeto com cacau que vira adoçante representará Brasil em evento nos EUA




O engenheiro químico e mestrando da área de alimentos da Universidade Federal de Goiás (UFG) Gustavo Henrique Rocha, de 24 anos, que criou um chocolate sem gordura, vai representar o Brasil em um evento nos Estados Unidos. O grupo liderado por ele apresentou uma ideia de uso de resíduo de cacau, que pode ser usado até como adoçante. Eles estão entre os dez selecionados para participar de um desafio que busca soluções criativas para alimentar 10 bilhões de pessoas de forma sustentável até 2050. “Eles selecionam dez equipes do mundo todo para capacitarem, impulsionarem, para promover um impacto na alimentação. Ficamos muito felizes e realizados pelo reconhecimento”, disse o engenheiro químico. Um vídeo mostra a emoção de Gustavo e dos outros dez selecionados no mundo ao saberem, durante uma videoconferência, que foram escolhidos entre 3 mil projetos inscritos de 140 países. “Eu estou tão nervoso”, falou Gustavo quando ficou sabendo que foi selecionado. *Ler mais no G1.
Postagem Anterior Próxima Postagem