SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Reino Unido reage a referendos de anexação e anuncia novas sanções contra a Rússia




SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O governo do Reino Unido anunciou nesta segunda-feira (26) um novo pacote de sanções contra a Rússia, devido ao que chamou de "referendos falsos" realizados em quatro regiões da Ucrânia propondo a anexação dos territórios disputados a Moscou.




As sanções anunciadas pelo governo britânico devem recair autoridades de organizações bancárias da Rússia, além de quatro oligarcas e membros do alto escalão do Exército russo, que teriam forçado a participação de residentes na votação.

Segundo o diplomata britânico James Cleverly, as medidas "vão mirar aqueles que estavam por trás dessa votação falsa, além dos que ajudam a manter a agressão de Moscou".

Desde a semana passada, moradores do leste da Ucrânia participam de uma série de referendos que decidirão se as regiões russófonas serão incorporadas ao domínio russo -processo que foi acelerado pela mobilização parcial anunciada por Vladimir Putin.

Kiev e aliados ocidentais acusam Moscou de encabeçar uma farsa, alegando que o resultado do referendo já está determinado e, portanto, não deve ser reconhecido pela comunidade internacional. Do outro lado, a Rússia alega que o processo eleitoral é legítimo e ilibado.

Desde o início da guerra, há sete meses, o Reino Unido e outros países do Ocidente impuseram diversos freios a Moscou, como o banimentos de viagens e o congelamento de ativos financeiros.
Postagem Anterior Próxima Postagem