SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Tenista suíço Roger Federer anuncia aposentadoria aos 41 anos




Da Redação

O suíço Roger Federer, de 41 anos, anunciou, nesta quinta-feira, que não jogará mais torneios válidos pelo ranking da ATP. A última competição da carreira será a Laver Cup, torneio que é uma espécie de duelo entre europeus e o resto do mundo, na semana que vem, em Londres, entre os dias 23 e 25 de setembro.

A competição terá as presenças dos três principais oponentes da carreira de Federer: o espanhol Rafael Nadal, o sérvio Novak Djokovic e o britânico Andy Murray. Como é uma competição entre tenistas europeus e do resto do mundo, o quarteto estará no mesmo time. Além deles, a equipe terá o grego Stefanos Tsitsipas e o norueguês Casper Ruud.

– De todas as coisas boas que o tênis me deu, sem dúvida a melhor delas foram as pessoas que conheci: amigos, adversários e, mais importante de tudo, todos os fãs que dão vida a esse esporte. Hoje, gostaria de compartilhar uma novidade com todos vocês – abriu o texto.

O time do resto do mundo contará com o canadense Felix Auger-Aliassime, Taylor Fritz, o argentino Diego Schwartzman, o australiano Alex de Minaur e os americanos Frances Tiafoe e Jack Sock.

O suíço já não joga um torneio oficial desde julho do ano passado quando, em Wimbledon, Grand Slam que mais venceu na carreira, chegou até as quartas de final, e acabou eliminado pelo polonês Hubert Hurkacz. Há cerca de um mês e meio, Federer “sumiu” do ranking da ATP, já que a classificação soma pontos dos últimos 12 meses, e ele ficou esse período inteiro sem jogar.

Roger Federer tem, na carreira, vinte títulos de Grand Slam: oito em Wimbledon (2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2009, 2012, 2017), seis no Australian Open (2004, 2006, 2007, 2010, 2017, 2018), cinco no US Open (2004, 2005, 2006, 2007, 2008) e um em Roland Garros (2009).
Postagem Anterior Próxima Postagem