SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Jerônimo critica corte de R$ 2,4 bi no MEC: ‘Novo ataque do atual presidente à educação’




Ex-secretário de Educação da Bahia, o candidato do PT ao governo do estado Jerônimo Rodrigues criticou o contingenciamento de R$ 2,4 bilhões no orçamento do Ministério da Educação e apontou “desprezo” do governo Bolsonaro com o ensino público.

“É inaceitável o mais novo ataque do atual presidente à educação pública, desta vez bloqueando R$ 2,4 bilhões do Ministério da Educação. Isso coloca em risco o funcionamento das universidades e institutos federais”, protestou o petista, nesta quinta-feira (6), por meio das redes sociais.

“Mais uma atitude que mostra o desprezo deste governo com o ensino público”, afirmou Jerônimo, que defende a “urgência” de eleger o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para retomar o projeto de investimento na educação pública, com expansão, qualificação e valorização permanentes.

“Sou filho de escola pública e professor universitário. É revoltante o que vimos nos últimos quatro anos desse governo que despreza e enfraquece a educação. Quem paga a conta são os estudantes, professores e trabalhadores da educação”, criticou o candidato, defendendo que o quadro vai mudar, caso Lula vença as eleições presidenciais.
Postagem Anterior Próxima Postagem