SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Agricultura familiar baiana apresenta potencial nutricional de seus produtos no Bahia Nut

 




A agricultura familiar da Bahia está presente no Bahia Nut, um dos mais importantes eventos científicos da área de alimentação e nutrição do país, que teve início nesta sexta-feira (04) e segue até domingo (6), no Gran Hotel Stella Maris, em Salvador.

Seis cooperativas que trabalham com derivados do cacau, mel, licuri, caju e milho, apoiadas pelo projeto do Governo do Estado, Bahia Produtiva, apresentam seus produtos para um público estimado de 600 nutricionistas.

O presidente da Cooperativa da Cajucultura Familiar do Nordeste da Bahia (Cooperacaju) e vice-presidente da União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Unicafes), Ícaro Renne, participa do evento apresentando castanhas e pastas de caju, produzidas pela cooperativa. “Nós da agricultura familiar podemos mostrar a qualidade nutricional e sabor desse segmento. Uma ótima ferramenta para o trabalho dos nutricionistas e também sugestão para o cardápio de seus pacientes”.

O assessor especial da CAR, Ivan Fontes, e o coordenador de Inteligência de Mercado do Projeto Bahia Produtiva, Aldir Parisi, fizeram uma palestra com o tema: Estratégia de Comercialização dos Produtos da Agricultura Familiar Baiana e Comportamento do Consumidor Moderno. O objetivo foi mobilizar os profissionais de nutrição para ampliar a reflexão sobre a importância da origem dos alimentos e saber onde esses produtos estão disponíveis. “Um evento importante para dialogar com esses profissionais, que podem contribuir muito para promover um maior consumo de produtos justos, limpos e saudáveis da agricultura familiar da Bahia”, concluiu Ivan.

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com confinanciamento do Banco Mundial.
Postagem Anterior Próxima Postagem