SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Alckmin diz que governo Bolsonaro retém dados de desmatamento




O vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin (PSB), afirmou nesta segunda-feira (14) que pediu ao governo de Jair Bolsonaro (PL) os dados mais recentes de desmatamento da Amazônia e do Cerrado, mas disse que a atual administração está retendo as informações. O pedido teria sido feito ao ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, coordenador da transição no atual governo, e ao Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais).

“Os números já existem, mas não estão sendo divulgados”, declarou Alckmin em entrevista a jornalistas sobre novos nomes da equipe de transição.

O governo de transição do presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), quer acesso aos relatórios completos do sistema Prodes, do Inpe, sobre o desmatamento na Amazônia e no Cerrado nos 12 meses de agosto de 2021 a julho de 2022.

A ideia é analisar as informações para adotar medidas consideradas necessárias de acordo com os planos do governo eleito e suas propostas de campanha.

“Se somar [as emissões do] escapamento da moto, do carro, do avião, da lancha, do trem, do boi, lixão, esgoto, chaminé da fábrica, isso dá um pouquinho mais de 50%. Só o desmatamento é quase 50% das emissões. É de uma gravidade impressionante”, afirmou Alckmin.
Postagem Anterior Próxima Postagem