SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

‘Atualmente, é inviável custear o transporte público nesse país’, diz Bruno Reis




O prefeito Bruno Reis disse, durante abertura da 113ª edição do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes de Mobilidade, que “é inviável custear o transporte público nesse país”. Segundo o gestor, “é preciso achar novos caminhos para subsidiar o sistema, resolver entraves com maquinário, pessoal e demais responsabilidades, como achar novas fontes de financiamento, buscar redução de impostos, dentre outras necessidades”.

No encontro, ao lado do secretário de Mobilidade de Salvador, Fabrizzio Muller, o prefeito destacou ainda a importância da realização do fórum em Salvador, principalmente neste momento em que a mobilidade urbana e o transporte público representam os maiores desafios de uma cidade. Ele relatou que, ao assumir a gestão, o sistema de transporte na capital baiana estava sob interdição.

“Isso se deveu à divisão desigual de receita, à implementação de novos modais e à pandemia que reduziu bastante o número de passageiros. Então, foi preciso assumir a gestão de parte do sistema, comprar combustível, cuidar da manutenção dos veículos e administração do sistema ao mesmo tempo”, disse Reis.

O encontro tem o objetivo de apresentar soluções e discutir os principais entraves para a mobilidade urbana no país, e reúne secretários de todos os estados da Federação. O evento contou ainda com as participações de Renato Telles, presidente do Fórum Nacional de Mobilidade Urbana (FMNU) e Ailton Brasiliense, presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP).

Discussões

O presidente do FMNU, Renato Telles, destacou que o fórum tem o objetivo de gerar conteúdo técnico para subsidiar as prefeituras com informação e conteúdo, para que possam buscar melhor qualidade de vida para as cidades. “Essa é uma oportunidade rica para coletivizar anseios, dúvidas e problemas, buscando alternativas e soluções para as angústias que afligem nossas cidades, oferecendo cada vez mais a qualidade de vida de nossas populações”.

“Esse é o principal fórum de discussão do setor, pois reúne os principais dirigentes de todo o país. Temos representantes de todas as cidades e aqui discutimos inúmeras questões importantes a respeito do transporte público, entre elas a remuneração do sistema de transporte, a forma de tarifação, a segurança viária, eletrificação da frota, transição da matriz energética, e demais assuntos importantes para o dia a dia das cidades, da população, buscando avançar e dar encaminhamento ao que for discutido aqui”, reforçou o titular da Semob, Fabrizzio Muller.

O evento terá ainda apresentações de autoridades de outros estados como Sergipe, São Paulo, Goiás e Paraná, e de representantes de instituições parceiras reconhecidas internacionalmente na área de mobilidade urbana, como a WRI, TUMI e GIZ. Entre os temas que serão discutidos durante o Fórum estão a gratuidade para idosos, a regulamentação dos aplicativos de transporte de passageiros, e a proposta do projeto de lei para criação do Marco Legal do Transporte Público.

Atividades

Em paralelo ao Fórum, também nesta segunda-feira (21) acontece o TUMI Day. O evento será realizado pela Iniciativa de Mobilidade Urbana Transformativa (TUMI), e reúne representantes das cinco cidades brasileiras escolhidas pela iniciativa para receber apoio técnico para a implantação de ônibus elétricos na operação de transporte. Durante o encontro, temas como modelos de negócios, financiamentos, estruturas necessárias e metas de sustentabilidade serão apresentadas e debatidas por técnicos da área de mobilidade.

Já na terça e quarta-feira (22 e 23) acontecem as reuniões do grupo Qualionibus, nas quais várias cidades e entidades que se reúnem para discutir diversas temáticas a respeito do transporte coletivo, tais como combate ao assédio sexual, financiamento, mobilidade e gênero, entre outros. O grupo fará também uma visita técnica ao BRT, onde poderá conhecer o local onde será implantado o Eletroterminal de Salvador, além de visitar o Centro de Controle Operacional (CCO) do BRT, um dos mais modernos do país.
Postagem Anterior Próxima Postagem