SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Democratas mantêm controle do Senado nos EUA




O Partido Democrata, do qual o presidente Joe Biden faz parte, manterá o controle do Senado dos Estados Unidos. Os resultados das eleições de meio de mandato (midterm elections) registrados neste domingo (13) mostram que os democratas conseguiram 50 assentos no Senado. Os republicanos estão com 49.

A vantagem dos democratas na Casa Alta se deu depois que a senadora Catherine Cortez Masto venceu, no sábado (12), a disputa em Nevada por uma diferença de 0,7 pontos percentuais. Ela recebeu 48,8% dos votos. Seu adversário, o republicano Adam Laxalt, teve 48,1%.

Nas eleições de 2022, somente 35 dos 100 assentos estão sendo renovados no Senado dos Estados Unidos.

Falta somente o resultado da Geórgia. O Estado norte-americano realizará um 2º turno em 6 de dezembro. O democrata Raphael Warnock e o republicano Herschel Walker disputam o assento.

Mas mesmo que o Partido Republicano ganhe na Geórgia, os democratas continuarão com o controle do Senado. Isso porque, embora a maioria seja assegurada com 51 senadores, há a possibilidade de empate.

No caso de divisão igualitária (50 a 50), a vice-presidente dos Estados Unidos –hoje, a democrata Kamala Harris– exerce o desempate como presidente do Senado.

Em caso de vitória republicana na Geórgia, não haverá alterações na configuração da Casa Alta norte-americana.
Postagem Anterior Próxima Postagem