SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Gleisi defende que Bolsa Família fique fora do teto de gastos de forma permanente




A presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffmann defendeu nesta segunda-feira (21), que o Bolsa Família fique fora do teto de gastos de forma permanente. Conforme a coordenadora do grupo de articulação política da transição de governo, a decisão dependerá do Congresso.

“Isso vai depender da questão do Congresso Nacional. O meu entendimento é exatamente que não tenha prazo. Se a gente quer tratar de combater a pobreza no país, se a gente quer tirar o povo da miséria, se a gente quer fazer desenvolvimento social, a gente não pode ter soluções momentâneas”, afirmou no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

A PEC da Transição prevê tirar do teto de gastos o valor previsto para o Bolsa Família, que deverá ser R$ 175 bilhões no ano que vem. O governo eleito pretende continuar o pagamento de R$ 600 do Auxílio Brasil, que passará a ser chamado Bolsa Família, a partir de janeiro.

O texto foi apresentado aos presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). Entretanto, ainda não foi protocolado no Senado
Postagem Anterior Próxima Postagem