SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Ibicaraí: Homem acusado de matar a mulher no Caxingó com 27 facadas é condenado a 14 anos de prisão




Do Grupo Ibicaraí
Por José Nilton Calazans


Na semana passada, o Tribunal do Júri da Comarca da Vara Crime de Ibicaraí decidiu pela condenação de Claudemir Santos Soares, mais conhecido como Mica, que era acusado de ter assassinado Simone de Souza Lima na casa em que moravam, na Rua Paraíso, no bairro Caxingó, em Ibicaraí.
O crime, caracterizado como feminicídio, ocorreu em 7 de outubro de 2018, dia da eleição presidencial de primeiro turno daquele ano, por volta das 2h30 da madrugada. Simone tinha 29 anos de idade quando foi morta.
Segundo informações divulgadas pela imprensa na época, o homem acusado se apresentou na delegacia de Itabuna nove dias depois e confessou o crime, mas foi liberado logo em seguida porque o mandado de prisão preventiva ainda não havia sido decretado pela Justiça, mesmo tendo sido solicitado desde dois dias depois do crime.
A pena básica foi definida em 12 anos de prisão, com o acréscimo de dois anos por causa do “dolo intenso” mostrado na quantidade de facadas. O fato de o acusado ter feito confissão contribuiu para avaliação de diminuição da pena, mas que foi compensada por o crime ter sido cometido em ambiente de relações domésticas ou contra a mulher.
Cabe recurso à decisão, mas a Justiça decidiu que o réu não poderá recorrer em liberdade à pena de 14 anos de prisão.
Postagem Anterior Próxima Postagem