SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Moraes dá dois dias para polícias identificarem líderes de bloqueios ilegais de rodovias




O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou que as polícias civis e militares dos estados e do Distrito Federal e a Polícia Rodoviária Federal também apresentem, em 48h, as informações sobre os líderes do ato que bloqueou as rodovias.

Além de já ter solicitado dados da Polícia Federal sobre os envolvidos nas ações antidemocráticas, Moraes ampliou a busca pela identificação dos líderes.

“Determino às Polícias Civis e Militares dos Estados e Distrito Federal, bem como à Polícia Federal e à Polícia Rodoviária Federal, o envio de todas as informações sobre a identificação dos caminhões e veículos que participaram ativamente dos bloqueios e nas manifestações em frente aos quartéis das Forças Armadas, assim como os dados dos respectivos proprietários, pessoas físicas ou jurídicas. Determino, ainda, que informem se identificaram líderes, organizadores e/ou financiadores dos referidos atos antidemocráticos, com a remessa dos dados e providências realizadas”, escreveu Moraes.

Na semana passada, após o início dos bloqueios, o ministro já tinha determinado à Polícia Rodoviária Federal e às polícias estaduais que realizassem a desobstrução das rodovias, sob pena de multa. A decisão individual foi posteriormente referendada pelo plenário do Supremo, na terça-feira passada (1º). Ao longo da semana, o ministro determinou que as forças de segurança apresentassem dados como multas aplicadas, o uso da força policial nas ações, identificações de veículos e pessoas autuadas.
Postagem Anterior Próxima Postagem