SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

PF cumpre mandados contra usuários de redes sociais envolvidos com pornografia infantil




A Polícia Federal (PF) cumpriu, na manhã desta quinta-feira (7), cinco mandados de busca e apreensão em Salvador, Madre de Deus, Catuípe e também em cidades do Rio Grande do Sul e de São Paulo. Os alvos eram usuários de redes sociais que se passavam por uma menina para, em contato com outras crianças e adolescentes, conseguir trocar imagens pornográficas.

Batizada de Teseu Digital, a operação teve a participação de 22 policiais no Brasil e tem como propósito arrecadar provas e interromper as práticas ilícitas, identificando, se possível, outras vítimas de abusos sexuais infantis.

Após serem viabilizados os mandados judiciais de busca e apreensão para os endereços dos investigados, a PF realizou buscas com o objetivo de obter elementos complementares de prova sobre a prática de delito de produção, divulgação, e direção de cenas de pornografia envolvendo crianças e ou adolescentes.

A investigação foi iniciada a partir da identificação, em 2018, de um usuário de rede social que se fazia passar por menina para, em contato com meninos jovens e crianças, demandar a troca de imagens pornográficas.

No curso da apuração, foi possível identificar, então, por meio de novos relatórios encaminhados por uma Organização não governamental apoiada pelo Governo dos Estados Unidos, que havia, além do investigado originalmente identificado na Bahia, outros usuários da mesma rede social nos estados do Rio Grande do Sul e São Paulo, que estavam utilizando método de falsa identidade em rede social, para vitimar muitos outros jovens meninos, expondo-lhes em abusos sexuais.

A partir de hoje, as investigações seguem seu curso para análise do material apreendido de modo a culminar com a responsabilização dos criminosos.
Postagem Anterior Próxima Postagem