SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Secretaria Municipal da Saúde aplica 5ª dose contra Covid-19 em pessoas acima de 18 anos em Itabuna




Recomendação é que pais e tutores devem vacinar as crianças e adolescentes. Foto: Ascom.

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Rede de Frio do Departamento de Vigilância em Saúde, divulga o calendário de vacinação nesta semana em Itabuna. Diante da disseminação de casos com a nova variante da Covid-19, a recomendação é que as pessoas completem o esquema vacinal, incluindo crianças e adolescentes.

A partir desta semana, nas Unidades Básicas e de Saúde da Família já se iniciará a imunização da quinta dose em pessoas adultas com idade a partir de 18 anos com comorbidade. É importante ressaltar que o terceiro reforço ou quinta dose está prevista para portadores de comorbidades que tenham feito a quarta dose num intervalo maior que 4 meses.

Para a vacinação de adultos e idosos nas Unidades Básicas e de Saúde Família, a vacinação da primeira, segunda, terceira ou quarta dose contra o Covid-19 será aplicada em pessoas sem comorbidade conforme a disponibilidade.

São consideradas comorbidades: Imunodeficiência primária grave, quimioterapia para câncer, transplantados de órgão sólido ou de células-tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas, pessoas imunossupressoras e pessoas vivendo com HIV/AIDS.

E ainda, pessoas que fazem uso de corticoides em doses ≥20 mg/dia do fármaco prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias, pessoas que fazem uso de drogas modificadoras da resposta imune, doenças autoinflamatórias, doenças intestinais inflamatórias, pacientes em hemodiálise e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.
A vacinação de adultos e idosos acontece de segunda à sexta das 8 às 11 e das 13 às 16h. Vale que as ampolas são abertas até as 15h a fim de evitar desperdício de doses. A documentação necessária é o RG, CPF ou cartão do SUS e cartão de vacina com registro das doses anteriores.
Vale lembrar que a cidade encontra-se em desabastecimento da Coronovac, sem previsão de chegada segundo informações do Governo do Estado.
CRIANÇAS E ADOLESCENTES
De segunda à sexta-feira, crianças e adolescentes poderão ser vacinados contra o Covid-19 em todas Unidades de Saúde, das 8 as 11 e das 13 às 16h.

Crianças de 3 a 11 anos recebem a primeira ou segunda dose. Já os adolescentes de 12 a 17 anos poderão ser imunizados com a primeira, segunda ou terceira dose conforme seu esquema vacinal.
A documentação necessária é o RG, CPF ou cartão do SUS e cartão de vacina com registro das doses anteriores. As crianças devem estar acompanhadas dos seus responsáveis.

VACINAÇÃO DE ROTINA

Também de segunda a sexta-feira em todas Unidades Básicas de Saúde também são aplicadas as vacinas de rotina para todos os públicos (crianças, adolescentes, adultos e idosos).

É importante lembrar que adolescente menor de 20 anos que não possui registro de vacina contra Meningite C poderá fazer dose única, exceto adolescente de 11 a 14 anos que terão direito a Meningite ACWY. O mesmo vale para crianças.

A documentação necessária é o RG, CPF ou cartão do SUS e cartão de vacina com registro de outras vacinas.

AÇÃO DA REDE DE FRIO PARA VACINAÇÃO COVID INFANTIL

A partir desta semana, crianças de 6 meses a 2 anos 11 meses e 29 dias já poderão receber a primeira dose da Pfizer Pediátrica contra o Covid-19. A ação será na quarta-feira, dia 23, na Rede de Frio (em anexo ao antigo SESP), das 10 às 14h. Vale pontuar que neste primeiro momento, serão atendidas as crianças com comorbidades.

As doenças consideradas comorbidades em crianças são Diabetes mellitus, pneumopatias crônicas graves (doença pulmonar obstrutiva crônica, fibrose cística, fibroses pulmonares, pneumoconioses, displasia broncopulmonar e asma grave.

Também são consideradas comorbidade crianças com hipertensão arterial resistente, hipertensão arterial estágio 3, hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo, doenças cardiovasculares (Insuficiência cardíaca, Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar, Cor-pulmonale crônico, hipertensão pulmonar primária ou secundária, Cardiopatia hipertensiva.

E ainda, síndromes coronarianas crônicas – Angina Pectoris estável, cardiopatia isquêmica, pós Infarto Agudo do Miocárdio; Valvopatias; Miocardiopatias e Pericardiopatias Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas; Arritmias cardíacas; Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados.

Outras doenças como as neurológicas crônicas, doença cerebrovascular (acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico; ataque isquêmico transitório; demência vascular); doenças neurológicas crônicas (indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares; doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular; deficiência neurológica grave) também são consideradas comorbidades.

E também, doença renal crônica, Imunocomprometidos (transplantados de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas vivendo com HIV; doenças inflamatórias imunomediadas atividade e em uso de dose de prednisona ou equivalente > 10 mg/dia; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias.

Por fim, pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses; neoplasias hematológicas e Hemoglobinopatias graves (Doença falciforme e talassemia), obesidade mórbida com índice de massa corpórea (IMC) maior ou igual a 40, síndrome de down e cirrose hepática.

A documentação necessária é a certidão de nascimento, CPF e cartão de vacinação da criança.

AÇÃO DA REDE DE FRIO PARA VACINAÇÃO DE ADULTOS

Na quinta-feira, dia 24, a Rede de Frio do Departamento de Vigilância em Saúde também realizará ação especial para vacinação de adultos e idosos contra o Covid-19.

Serão imunizados adultos maiores de 18 anos sem comorbidade com a primeira, segunda, terceira ou quarta dose. Já para a vacinação de adultos com idade a partir de 18 anos com comorbidade, também poderá ser aplicada a quinta dose.

São consideradas comorbidades: Imunodeficiência primária grave, quimioterapia para câncer, transplantados de órgão sólido ou de células-tronco hematopoiéticas (TCTH) uso de drogas, pessoas imunossupressoras, pessoas vivendo com HIV/AIDS.
E ainda, pessoas que fazem uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias, pessoas que fazem uso de drogas modificadoras da resposta imune, doenças auto- inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias, pacientes em hemodiálise e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

É importante ressaltar que o terceiro reforço ou quinta dose está prevista para portadores de comorbidades que tenham feito a quarta dose num intervalo maior que 4 meses. A documentação necessária é o RG, CPF e cartão de vacina com registros anteriores.
____________
Departamento de Comunicação Social
Prefeitura de Itabuna

21.11.2022
Postagem Anterior Próxima Postagem