SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Paulo Azi recusa convite para ser ministro das Comunicações de Lula




Da Redação

Presidente do União Brasil na Bahia, o deputado federal Paulo Azi recusou o convite para ser ministro das Comunicações no governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). “Mesmo muito honrado pelas sondagens que recebi para assumir o Ministério das Comunicações no governo Lula, decidi que, neste momento, serei mais útil ao Brasil e à Bahia cumprindo meu mandato na Câmara dos Deputados”, escreveu o parlamentar nas redes sociais.

Azi, muito ligado ao ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União) e adversário histórico do PT baiano, já vinha pregando o discurso de independência em relação ao próximo governo. O nome dele passou a ser cotado nesta quarta-feira (28), quando Lula decidiu oferecer três ministérios ao União Brasil, visando atrair o partido para a base aliada: o das Comunicações, o da Integração Nacional e o do Turismo.

A pasta do Turismo foi oferecida ao deputado federal baiano Elmar Nascimento, líder do União Brasil na Câmara, que negou a oferta. Ele queria a Integração Nacional, mas teve o nome vetado pelo PT da Bahia, que não queria um adversário comandando uma pasta tão forte. O senador Jaques Wagner (PT) liderou as articulações contra o nome de Elmar na Integração Nacional, convencendo Lula.

Leia também:

Postagem Anterior Próxima Postagem