SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Bolsonaristas radicais derrubam torres de energia no Paraná e em Rondônia




Grupos bolsonaristas atacaram o sistema elétrico nacional nesta terça-feira (10) e derrubaram torres de energia nos estados do Paraná e de Rondônia. Os ataques, portanto, não causaram problemas severos à distribuição elétrica, e o Sistema Integrado Nacional (SIN) não registrou problemas.



Após o episódio da queda da torre de transmissão, o Ministério de Minas e Energia (MME) decidiu montar um gabinete de crise, que é coordenado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e conta com a participação de diretores de todas as companhias de geração, transmissão e distribuição para processar informações referentes à tentativa de ataque ou efetivo vandalismo.



Segundo boletim do Operador Nacional do Sistema Elétrico, três ocorrências aconteceram entre o domingo e a segunda-feira. Às 21h30 do domingo (8) houve queda de uma torre de transmissão na linha de transmissão entre a Usina de Samuel e a cidade de Ariquemes, ambas em Rondônia. No estado do Paraná, um trator teria atingido a base de sustentação da torre, que está localizada a 50 quilômetros de Foz do Iguaçu, nesta terça-feira (10).



Na última segunda-feira (9), o ONS informou ao MME e à Aneel que passou a realizar "operação diferenciada para aumento da segurança eletroenergética".
Postagem Anterior Próxima Postagem