SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Cerca de 500 golpistas devem ser transferidos para o presídio da Papuda




Cerca de 500 presos, considerados os mais radicais, serão encaminhados para a Penitenciária da Papuda segundo informações da Polícia Federal. De acordo com a corporação, “por questões humanitárias”, foram liberados 599 detidos, em geral idosos, pessoas com problemas de saúde, em situação de rua e mães acompanhadas de crianças.

Os suspeitos foram presos entre domingo (8) e segunda (9), após ataques terroristas às sedes dos três poderes da República. Eles são investigados por crimes como golpe de Estado, roubo, lesão corporal e outros.

No ginásio da PF, os detidos passam por uma triagem e são submetidos aos procedimentos da polícia judiciária. Em seguida, eles são apresentados à Polícia Civil do DF, responsável pelo encaminhamento dos detidos ao Instituto Médico Legal (IML) e, posteriormente, ao sistema prisional.
Postagem Anterior Próxima Postagem