SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA
SITE TRIBUNA

Quase 69 milhões de brasileiros estão com dose de reforço atrasada




Informações da Rede Nacional de Dados em Saúde (RNDS) mostram que 69 milhões de brasileiros não tomaram até agora a dose do reforço, ou seja, a terceira dose contra Covid-19. Os dados apontam ainda que mais de 30 milhões de pessoas não procuraram os postos de vacinação para receber a segunda dose de reforço, ou seja, a quarta dose.

A ministra da Saúde recém-empossada, Nísia Trindade, na segunda-feira (2), em sua cerimônia de posse, lembrou que a pandemia ainda não acabou, e reforçou a importância de completar o esquema vacinal. “Reitero o pedido para que os brasileiros completem o esquema vacinal. Os imunizantes são seguros, eficazes e evitam complicações e mortes ocasionadas pelo coronavírus.”

De acordo com a pasta, estudos científicos mostram que a proteção vacinal desenvolvida é mais alta nos primeiros meses, mas pode apresentar redução. Com a dose de reforço, a proteção contra o vírus volta a ficar elevada. Por isso, a proteção adicional é indispensável.

Neste cenário, o Ministério da Saúde ressalta a importância de ir até uma unidade de saúde mais próxima para atualizar a caderneta de vacinação contra a Covid-19 e outras doenças.

Mais de 19 milhões de brasileiros, ainda segundo a RNDS, não compareceram aos postos de vacinação para tomar nem sequer a segunda dose do esquema vacinal primário.

Cobertura vacinal

Até o momento, 163 milhões de pessoas tomaram a segunda dose ou dose única da vacina, o que representa 79% da população. Quanto à primeira dose de reforço, 102,5 milhões foram aplicadas. A segunda dose de reforço soma 45,2 milhões de aplicações.
Postagem Anterior Próxima Postagem